AS NOSSAS LEITURAS

Bolota conta a história a partir do momento em que a sua «tribo» não se manteve mais unida, no verão em que tudo começou a arder e não apareceram mais os cinco juntos, nas fotografias: o verão da Grande Travessia de Deserto da Morte.
Nesta obra, do que mais gostei foi a forma peculiar como a narradora vê e transmite as coisas ao leitor. A maneira de ela descrever os acontecimentos faz o texto muito engraçado o que me cativou a lê-lo até ao a fim.
Renata Silva (ano letivo 2015/2016)
O livro retrata a história de amor passada no século XIX entre Elizabeth Bennet, filha de um proprietário rural, e Mr. Darcy, um aristocrata altivo e forma de como Elizabeth lida com problemas a nível da moral, educação, cultural e casamentos da sociedade aristocrática.
Esta obra é muito interessante pois ajuda-nos a perceber a mentalidade da sociedade no século XIX..
Renata Silva (ano letivo 2015/2016)

Este livro mostra-nos como é possível, através da leitura, vivermos tudo o que se passa dentro dos livros: as aventuras, os perigos, o encontro com novas pessoas e lugares...
Diogo Cerejeira (ano letivo 2015/2016)

É uma história muito emotiva que nos abre os olhos para a realidade e nos faz ver que milhares de negros sofreram, se sacrificaram e morreram sem culpa. Há uma parte do livro que me fez arrepiar toda:
“A gravura que mais o impressionou nesse museu foi uma escrava grávida sendo açoitada. O flagelo, já de si, horroriza. Saber que no lugar desses castigos havia uma cova onde as grávidas pudessem encaixar a barriga enquanto eram chicoteadas, revela crueldade premeditada, dá até náusea."
Adorei este livro, aconselho a todos.
Ana Rita Ferreira, 7ºC (ano letivo 2014/2015)

O livro conta a história de um pastor chamado Elzeard Bouffier que vivia só, numa aldeia deserta que tinha sido destruída pelo mau tempo. Este homem reconstruiu a aldeia, plantando milhares de árvores ao longo de alguns anos, sem ajuda de ninguém e sem lhe terem pedido nada.
Gostei muito do livro porque mostra as boas ações e a coragem de um homem que por sua livre vontade reconstruiu uma aldeia e graças a ele, voltou a ter vida e alegria.
                                                                                              Diogo Cerejeira, 8ºA (ano letivo 2014-2015)


O livro é muito interessante e cativante. Leva-nos a lê-lo até ao fim para ficarmos a saber a forma como os problemas da Anabela, Sílvia e Joana vão ser (ou não) resolvidos.
Renata, 8ºA (ano letivo 2014-2015)

Gostei do livro, porque nos leva a querer descobrir o enigma, o que nos faz lê-lo até ao fim. A maneira como os elementos da O.R.D.E.M. decifram o enigma é interessante e as partidas do fantasma são, por vezes, divertidas.
Rita, 7ºC (ano letivo 2014-2015)

O que mais me interessou foi o facto de Megan não poder ter filhos e ter começado a tomar conta de cães até lhe ter chegado uma cadelinha por quem se "apaixonou". Sensibilizou-me ela ter tomado conta da cadela como se fosse uma filha.
Beatriz Azevedo, 7ºA (ano letivo 2014-2015)

Um livro fascinante! Um dos melhores de sempre!
Na aula de Português, lemos o livro Ulisses, o nome da personagem principal. É um livro divertido e sentimental! Divertido, pois tem partes engraçadas como a parte em que Ulisses estava a discutir com os marinheiros por causa da cera que tinha que pôr nos ouvidos e não pôs. Sentimental porque há partes tristes e de saudade que me tocaram no coração.
A minha personagem preferida é Circe pois eu adorava ser feiticeira, tão inteligente e tão bonita como ela. É uma personagem que me encantou. Por amor, deixou Ulisses e os seus marinheiros irem embora da sua ilha.
Senti as mais variadas emoções! Amor, saudade, riso, tristeza, alegria, coragem…
A minha parte preferida foi quando Ulisses e a sua amada Penélope se voltaram a encontrar, pois fez-me lembrar as noites, por vezes choradas, a sentir saudade da minha melhor amiga de infância que foi para a Suíça…
As lições que a história me indicou foram as seguintes: às vezes temos de deixar tudo por amor, temos de enfrentar os perigos aconteça o que acontecer, não desistir e, para isso, esforçarmo-nos!
Cláudia Oliveira, 6ºC (ano letivo 2013-2014)

Recomendo a leitura desta aventura.  O desaparecimento das bugigangas do avô Bernardo é um mistério que os Tesouropatas terão de resolver e as doninhas têm um papel importante pois são elas que deixam as pessoas aterrorizadas. 
Esta é uma história que vale a pena ler, claro, pois é muito divertida.
Luís Miguel, 5ºC (ano letivo 2013-2014)
À esquina da rima buzina é um livro de poesia onde se aprende a rimar e a jogar com as palavras. Afinal, a poesia também é divertida.
Miguel Assunção, 5ºC (ano letivo 2013-2014)

2 comentários:

  1. Sónia, Sofia, Bruna Rafaela - 5º D22 de outubro de 2015 às 16:38

    tem muitos livros


    ResponderEliminar
  2. tiago silva, Gustavo Pinto e Alexandre Silva 6ºE26 de outubro de 2015 às 12:35

    as empregadas sao fixes e a biblioteca e muito fixe

    ResponderEliminar